CIDADE

Maringá participa do Diagnóstico Paranaense de Ciclomobilidade

Em 15 cidades do Paraná, o Detran em parceria com pesquisadores, está realizando um diagnóstico que vai apontar a oferta de ciclovias, a presença de ciclistas e outras informações que podem orientar políticas públicas de mobilidade urbana, diz o pesquisador Eduardo Simões, coordenador em Maringá do Diagnóstico Paranaense de Ciclomobilidade. Segundo o pesquisador, em Maringá, o dado que deve constar do diagnóstico é a presença mais constante do entregador em bicicleta. Um profissional que ganhou relevância nesta pandemia.