ÚLTIMA HORA

Denarc Maringá realiza uma das maiores apreensões de maconha do ano

Policiais da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) do Núcleo de Maringá prenderam na última quinta-feira, 14, um caminhoneiro de 47 anos. O motorista estava com uma carreta com aproximadamente 7 toneladas de maconha. De acordo com a polícia, o motorista era monitorado havia aproximadamente três meses. A polícia investigava um homem morador do Conjunto Thaís, zona norte de Maringá. O homem era dono de uma carreta (conjunto Cavalo e Bi-Trem). A suspeita é de que ele utilizava o veículo para transporte de drogas, que tinham origem do Mato Grosso do Sul.

O que chamou a atenção da equipe da Denarc era que o caminhoneiro mantinha o veículo por semanas parado em frente sua residência. O veículo e o o proprietário foram monitorados até que nesta semana, deslocou para Paranaguá, onde carregou adubo, seguiu para a cidade de Ponta Pora (MS), onde descarregou o adubo. Em Ponta Porã carregou a droga e quando novamente iria seguir viagem, foi abordado pelos policiais do Denarc e DOF do Mato Grosso do Sul.

Aos policiais, o motorista alegou que o destino da carga lícita, no caso milho, seria Paranaguá, indicando que a maconha também seria entregue no Paraná. O valor da carga apreendida ultrapassa o R$ 7,5 milhões. O motorista preso disse que ganharia R$ 50 mil pelo transporte da droga. Ele foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.