Destaques do Dia Nosso Paraná

Governo do Paraná autoriza pagamento emergencial dos contratos de aprendizagem

Para participar do programa, o jovem deve pertencer a uma família com renda mensal per capita de até meio salário-mínimo. Foto: Reprodução

Governador Ratinho Jr. incentivando os jovens trabalhadores do estado

 

O programa emergencial através da Lei Estadual no 20.328/2020 que é um desdobramento do Cartão Futuro, criado pelo Governo do Estado com o intuito de incentivar a inserção de jovens no mercado de trabalho.

Para receber o benefício, os empregadores devem se comprometer a manter os contratos vigentes com adolescentes ou o mesmo número de jovens aprendizes que a empresa tinha antes da crise do coronavírus.

O objetivo do Programa garante a manutenção de 15 mil vagas de emprego para jovens de 14 a 18 anos, no Estado do Paraná. De acordo com a lei, o empregador que mantiver contrato ativo com aprendizes menores de 18 anos terão acesso à subvenção econômica no valor de R$ 300,00, por aprendiz, por um prazo de 90 dias a partir da solicitação.

Aqueles que contratarem novos aprendizes, mesmo que em substituição dos que tiveram o contrato encerrado durante a pandemia, terão acesso ao valor de R$ 500,00.

As Empresas deverão acessar o site: https://www.cartaofuturo.pr.gov.br até o dia 31 de dezembro de 2020 para o preenchimento e envio do Termo de Adesão.

A Homologação da adesão se dará através das Agências do Trabalhador/SINE pelo telefone: 44-3264-5456. Para mais informações as empresas e os jovens poderão entrar em contato com as Agências do Trabalhador ou acessar diretamente o site do Cartão Futuro.