Destaques do Dia Região

Acusado de ter espancado namorada em Paiçandu sofre acidente em Guaíra

Mais uma vez Weber conseguiu fugir das garras da polícia. Fotos: Portal Guaíra

Apesar de ter batido o carro, ele conseguiu fugir mais uma vez

 

Procurado pela polícia desde setembro do ano passado, o principal suspeito de ter espancado a namorada Michelle de Souza Brito, de 32 anos, em Paiçandu, no dia 7 de Setembro de 2019, Weber de Oliveira Simão, de 27 anos, foi visto na tarde desta quinta-feira (1), conduzindo um veículo modelo Audi/A3, em Guaíra. (região oeste).

Weber é acusado de ter espancado a namorada, que ficou internada por vários meses e hoje está em estado vegetativo em uma cama, sob os cuidados da mãe. Segundo as informações, ele foi visto em atitude suspeita por policiais que estavam em diligência, mas jogou o carro contra a viatura policial e empreendeu fuga quando percebeu que iria ser abordado.

A polícia fez a perseguição por diversas ruas da cidade, quando em um determinado momento foi preciso atirar no pneu do veículo conduzido por Weber, que perdeu o controle do carro e bateu contra um muro, mas fugiu a pé por um colégio.

A polícia informou que contou com reforço na guarnição, cercou todo o colégio, mas o suspeito conseguiu escapar. Os policiais conseguiram descobriu o endereço da residência onde Weber está ficando em Guaíra. Em diligências no local encontraram uma pistola 9mm, 25 munições e porções de maconha.

O foragido também estaria portando documentos falsos. Na residência, a polícia encontrou uma CNH (Carteira Nacional de Habilitação) com a foto dele, mas com o nome de Jonathan Valporto do Nascimento. Investigadores da Polícia Civil de Guaíra, seguem à procura do foragido. (Hoje Mais Maringá)

ANÚNCIE NESTE ESPAÇO