Destaques do Dia Região

Mulher presa pelo desaparecimento do casal de Goioerê ameaçava a mulher por interesse amoroso

Na foto a esquerda, Suziane aparece ao lado da vítima e amiga Kauany Cleve / Foto: Colagem/Ric Mais

Principal suspeita do crime era amiga da vítima e tinha obsessão pela vida de Kauany

 

Segundo relatos da mãe da jovem desaparecida, Kauany Cleve, de 23 anos, Suziane Ferreira dos Santos, também de 23 anos, era amiga da filha e tinha inveja da vida de Kauany . Em um áudio, a mãe conta sobre a obsessão que Suziane tinha pela vida da filha.

“Ela queria parecer em tudo com a minha filha. Ela dava em cima do marido da Kauany , tinha a capacidade de ligar atrás das lojas só para comprar as mesmas roupas que a minha filha usava”, conta Leíla Grejanin, mãe da jovem.

Suziane teve a prisão preventiva decretada na manhã de terça-feira (1) após a investigação da Polícia Civil ligar ela diretamente com o desaparecimento do casal em Goioerê.  Segundo o delegado responsável pelo caso, é “inquestionável a participação dessa mulher no crime”.

Em entrevista ao Portal Umuarama News, a cunhada da jovem, irmã do também desaparecido, Rubens Biguett de 29 anos, contou que um dia antes do desaparecimento do casal, Suziane foi até o portão da casa dos dois e ameaçou Kauany.

“Você está morta. Não se preocupa com nada porque você já está morta”, ameaçou Suziane. Para a cunhada, Kauany pensava que era apenas mais uma briga entre mulheres, mas que não chegaria a esse ponto trágico de duplo homicídio.

Nessa quinta-feira (3), completa um mês que as vítimas foram vistas pela última vez. Elas desapareceram na noite de 3 de agosto. O filho do casal, um bebê de quatro meses, foi encontrado abandonado numa calçada e está, desde então, sob os cuidados da avó materna. O carro da família foi encontrado no dia seguinte, queimado, numa cidade da região. (Ric Mais)

ANÚNCIE NESTE ESPAÇO