Destaques do Dia Sarandi

Oficina mecânica vendia combustível de forma clandestina em Sarandi

Esse tipo de armazenamento é proibido e pode causar grandes acidentes. Foto: Divulgação/PC

Tudo armazenado de forma inadequada e com o risco uma possível explosão

 

A polícia civil da cidade de Sarandi, sob o comando do delegado Adriano Garcia, descobriu que uma oficina mecânica da cidade, estava comercializando combustíveis de forma clandestina.

O estabelecimento fica situado na Avenida Ademar Bornia, as margens da rodovia BR-376. No local, os investigadores e o próprio delegado, encontraram diversos galões contendo etanol.

Um homem que se apresentou como gerente da oficina, foi detido pelos policiais e conduzido até a DP para serem tomadas as providências cabíveis. O gerente foi autuado pelos crimes de receptação, comercialização irregular de combustível e associação criminosa.

Ainda segundo a autoridade policial, o combustível apreendido é fruto de desvios de cargas. São motoristas que estavam lesando seus patrões e empresários. Na oficina os envolvidos no esquema, vendiam o combustível abaixo do preço que é comercializado nos postos de combustíveis.

Inclusive uma pessoa que estava no local abastecendo o automóvel, também foi presa pelo crime de receptação. Durante o trabalho policial, um motorista conduzindo um caminhão tanque (bandeira branca) chegou no local. Ao perceber a presença policial na oficina, o condutor deixou o local, porém foi interceptado pelos investigadores já no Contorno Norte de Maringá.

O delegado relatou a nossa equipe, que em uma breve conversa com os policiais, o motorista abordado teria confessado que faz parte do esquema. Ele também foi conduzido até a delegacia de Polícia Civil, e autuado pelo crime de associação criminosa. (Expresso On Line)

ANÚNCIE NESTE ESPAÇO