Destaques do Dia Nosso Paraná

Seis presos morrem em rebelião na cadeia de Ibiporã

De acordo com a perícia, os presos já estavam mortos quando o fogo começou. Reprodução/Cobra News

Outros 20 deles ficaram feridos

 

Uma disputa entre facções criminosas provocou uma confusão generalizada, o que levou a um incêndio que provocou a morte de seis presos e deixou outros 20 detentos feridos na noite desta segunda-feira (17) na Cadeia Pública de Ibiporã, na região metropolitana de Londrina.

A informação da Polícia Civil é que um dos grupos ateou fogo em colchões em uma das celas, e esse foi o fator que levou o fogo se alastrar e consumir outros setores da cadeia, que vive superlotada de presidiários – alguns já condenados e cumprindo pena, mas sem a menor infraestrutura possível.

O Corpo de Bombeiros enviou caminhões de combate a incêndio ao local e conseguiram controlar as chamas, mas a fumaça tóxica tomou conta do prédio. Os corpos dos presos foram encontrados carbonizados em meio a escombros, os outros 20 feridos tiveram queimaduras ou inalaram fumaça, e foram encaminhados ao Hospital Universitário de Londrina, alguns em estado grave.

O local tem capacidade para abrigar 35 presidiários, mas conta com 170 detentos, segundo relato dos policiais que trabalham na carceragem. Agentes do Batalhão de Choque, e da Seção de Operações Especiais do Depen (SOE) conseguiram controlar a rebelião que se iniciou por causa do incêndio somente às 2h.

Os seis mortos foram encaminhados ao IML de Londrina, e ainda não tiveram o nome divulgado. (24 Horas Londrina)

ANÚNCIE NESTE ESPAÇO