Destaques do Dia Região

Pai faz filha refém e acaba morto em Barbosa Ferraz

O desentendimento familiar aconteceu no dia dos pais. Foto: Tá Sabendo

Para evitar a morte da criança a polícia atirou no pai

 

Após fazer a própria filha de 3 anos refém e a ameaçar com uma faca e um pedaço de vidro, um morador do município acabou baleado e morto pela Polícia Militar, que antes tentou de todas as formas resgatar a criança sem o uso de armas.

O homem, identificado por Luiz Carlos Lopes da Silva, 32 anos, morava no bairro Quebra Molas, em Barbosa Ferraz. A Polícia Militar de Barbosa Ferraz acionou reforços da região, inclusive de Campo Mourão, para tentar negociar com o agressor e libertar a criança.

Equipes da saúde do município e o SAMU, também foram acionados para dar apoio, mas o homem não se rendeu e para evitar que a criança fosse morta, os policiais tiveram que atirar.

Ferido, Luiz Carlos acabou morrendo e a criança resgatada com alguns ferimentos leves. A situação começou ainda na manhã deste domingo, durante um desentendimento familiar.

No meio da tarde, por volta das 15h30, o pai da criança pegou a filha e saiu do local, se evadindo para a região do bairro São Judas. Em seguida entrou em uma plantação de milho, a cerca de 2km da cidade, onde teria segurado a filha pelo pescoço, dizendo o tempo todo que iria matá-la.

Foram pelo menos quatro horas de negociação e tentativas de evitar um desfecho trágico, mas ao perceberem que o homem mataria a filha, os policiais atiraram, por volta das 19h.

A criança foi resgatada pela PM, com escoriações nos pés, já que teria sido arrastada pelo meio do milharal. Ela recebeu atendimento no hospital municipal.

A equipe do Samu constatou a morte do homem no local. O corpo foi encaminhado ao IML de Campo Mourão. (Tá Sabendo e Coluna do Rato)

ANÚNCIE NESTE ESPAÇO