Destaques do Dia Maringá Plantão Policial

Polícia descobre que jovem atropelada por trem foi assassinada

Segundo apurou a polícia, o assassino conhecia a vítima, mas os dois não mantinham relação de afeto. Foto: Reprodução

Houve muitas contradição nos depoimentos e adolescente é o principal suspeito

 

Após uma investigação minuciosa feita pela Delegacia do Adolescente, a polícia descobriu que a morte da jovem Anna Julia Szielasko, atropelada por um trem não foi acidente e sim assassinada.

A investigação foi concluída no final do mês Março e a delegada Karen Friedrich Nascimento, pediu que o adolescente, de 16 anos, suspeito do crime fosse internado no Cense.

Segundo a delegada, o jovem esteve com Anna Julia horas antes da jovem ser encontrada morta na linha do trem e desconfiou do adolescente, pois ele apresentou diversas versões contraditórias dadas por ele.

Com essas contradições, a delegada concluiu que que Anna Julia não havia cometido suicídio e sim assassinada pelo rapaz que não confessou a autoria do homicídio.

A justiça pediu a internação do adolescente, mas não foi liberada por causa da pandemia de coronavírus e contínua solto.

ANÚNCIE NESTE ESPAÇO