Destaques do Dia Maringá

Primeiro dia de operação contra coronavírus teve 275 vistorias

Lanchonete estava trabalhando fora das normas do decreto Foto: Andye Iore/PMM

Desde pequeno comércio que não é serviço de essencial até grandes redes que se recusaram a fechar e foram flagradas abertas

 

A operação Fiscalização Integrada da Prefeitura de Maringá vistoriou 275 empresas e pontos de trabalho na sexta-feira (20), de trabalho ininterrupto mobilizando mais de 150 pessoas em 12 equipes. Trabalho de cumprimento ao decreto municipal 445/2020 em prevenção co coronavírus (Covid-19). Inclusive com denúncias 24 horas pelo 156. Foram aplicadas aproximadamente 150 notificações, somente à noite foram 38.

Casos mais relevantes aconteceram à noite. Unidade do Burger King, na praça Manoel Ribas, tinha fila com diversos veículos, atendimento aos clientes e funcionários trabalhando normalmente. Inclusive entregando alimentos sem luvas de proteção. Com chegada da operação veículos saíram da fila até passando por cima do canteiro, funcionários se esconderam. Fiscalização orientou, serviço interrompido e lanchonete notificada. Responsável justificou que foi orientação da matriz permanecer aberta.

Igreja evangélica das Nações da Poderosa Mão de Deus, na Vila Morangueira, foi fechada. Havia culto com aproximadamente 50 pessoas. Posto Tóquio, na avenida Morangueira, foi flagrado com venda e consumo de bebida alcoólica enquanto deveria somente ser vendido combustível.

Já durante o dia, houve duas notificações na construção civil em prédios em construção. Lojas Americanas, avenida Brasil se recusou a fechar e foi preciso insistência de fiscais. E mais vidraçarias, lanchonetes, oficinas, açougues, panificadoras, pizzaria sem alvará, hamburguerias, entre outros. Incluindo com cadeiras e mesas ainda na calçada. Até uma tabacaria que não é serviço essencial tentou despistar fiscalização dizendo que fazia delivery.

Maringá tem 60.325 empresas de comércio e prestação de serviços. Novo decreto será publicado hoje com outras categorias comerciais inclusas para reduzir fluxo de pessoas nas ruas e grupos de funcionários no mesmo espaço.

Operação ontem teve servidores municipais, Guarda Municipal, polícias Militar e Civil. O vereador Jean Marques acompanhou as ações representando o Legislativo. Houve grande cobertura da imprensa local, inclusive ao vivo. Operação rigorosa visa prevenir casos de coronavírus e evitar mortes em Maringá.

• Denúncias: fone 156 operando 24 horas. Decreto municipal e informações oficiais estão no site, Facebook e Instagram da prefeitura.

ANÚNCIE NESTE ESPAÇO