Destaques do Dia Maringá Plantão Policial Região

Polícia prende suspeito de matar bailarina Magó

Foto: Reprodução

 

Material genético do suspeito deu positivo com o colhido na vítima

 

A Polícia Civil de Mandaguari, Maringá e Mandaguari atuaram em conjunto para prender na manhã desta sexta-feira (28), o principal suspeito de matar a bailarina maringaenses Maria Glória Poltronieri Borges, a conhecida Magó, que foi encontrada morta em um matagal próximo a uma cachoeira entre as cidades de Marialva e Mandaguari, no dia 26 de Janeiro.

Flávio Campana, de 41 anos, conhecido como “Frajola”,  só foi identificado após um exame de DNA que foi feito com material genético retirado do corpo e das roupas íntimas da bailarina em confronto com o material retirado do acusado que deu positivo em exame que saiu na tarde desta quinta.

Frajola já tinha sido ouvido pelas autoridades sobre a morte da bailarina no início das investigações. Além disso, ele já contava com passagens pela polícia pelo crime de estupro.

Add Comment

Veja aqui os Comentários

19 − 9 =

ANÚNCIE NESTE ESPAÇO