Nosso Paraná Noticias Gerais

Marialva Tem A Maior Produção Agrícola Da Região

Estudo Da SEAB Aponta Valor Bruto Da Produção Que Passa Dos R$ 360 Milhões

Foto: Reprodução MF Rural/Arquivo

O Departamento de Economia Rural (DERAL) da Secretaria Estadual da Agricultura e do Abastecimento (SEAB), em seu Boletim Preliminar de 2018, divulgado em 2019, aponta Marialva como líder na região de Maringá em Valor Bruto de Produção (VBP), atingindo R$ 364.621.466,32. O VBP é a soma, em reais, das riquezas produzidas pela nossa economia rural e é um dos valores que compõem o Produto Interno Bruto (PIB) do município, retratando a geração de emprego e renda.

“Isso mostra claramente que têm surtido efeito muito positivo os investimentos que temos feito desde que assumimos o mandato, em 2017, na manutenção e cascalhamento das estradas rurais e na intensificação da fiscalização dos Demonstrativos de Fluxo de Caixa das propriedades rurais, o que permitiu o registro da nossa produção real”, afirma o prefeito de Marialva, Victor Martini.

Os zootecnistas Moisés Bolonhez e Gervasio Cerci, da SEAB, apresentaram o estudo na última semana ao prefeito Victor Martini, em reunião no Paço Municipal. Também estiveram presentes Lindalvo Teixeira, presidente do Sindicato Rural Patronal, e membros da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente (Pedro Ernesto Pelegrim Hernandes, Saulo dos Reis Volpato e o secretário Fernando Arco Verde).

A cultura da soja é a mais representativa do município em virtude da sua extensão de aproximadamente 25 mil hectares com 29,5% no VBP, seguido da uva, que representa 27,5% desse valor. A horticultura representa 6% no VBP, auxiliando na boa diversificação da propriedade rural.

De acordo com o documento, a safra de soja 2017/2018 na região foi maior em 10,8% em comparação à de 2016/2017, tendo sido influenciada por preços mais expressivos, aumentando o valor recebido pelo produtor.

A safra do milho 2017/2018 foi 7,5% menor que a safra 2016/2017 em virtude de ocorrência de geada e estiagem que afetaram o ciclo da cultura. Já o preço da uva regional foi o principal fator para o aumento de 48,6% em relação à safra de 2016/2017.

Por: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Marialva

ANÚNCIE NESTE ESPAÇO