Plantão Policial

Suspeitos de sequestrar família de gerente e assaltar banco em Cambira trocam tiros com a polícia em Mandaguari

Três suspeitos de sequestrar a família de um gerente de banco de Cambira, e roubar o banco, trocaram tiros com policiais das forças especiais da Polícia Militar, de Maringá em Mandaguari. As primeiras informações
dão conta que dois deles, foram atingidos pelos tiros. Um terceiro elemento conseguiu fugir. O confronto aconteceu agora pouco em um dos bairros de Mandaguari. Um dos criminosos teria morrido no confronto e outro foi baleado. Assim que possível matéria completa no site. A família do gerente do banco de Cambira que foi sequestrada durante um roubo e era mantida refém foi liberada pelos criminosos. A informação foi confirmada às 12h35 pela Polícia Militar (PM).

O carro onde estavam às vítimas foi abordado em Maringá. Os ladrões, que também estavam no veículo, conseguiram fugir correndo. Um cerco é feito naquela região, para tentar encontrar os suspeitos. A PM
também confirmou que um suspeito já foi preso. O homem envolvido no crime foi detido em Cambira e levado para a 17ª Subdivisão Policial de Apucarana.

“Só de ficar na mão dos criminosos é uma violência muito grande, um momento de muita tensão. Estamos ainda verificando como de fato tudo aconteceu, vamos aguardar, estamos em diligência para fazer outras prisões. O que importa é que a família foi liberada”, detalha o capitão Vilson Laurentino da Silva. A princípio a família foi sequestrada pelos ladrões e seria liberada após o gerente do banco entregar dinheiro aos criminosos.

“Desde o roubo, que aconteceu ontem de noite, a PM e a Civil já estavam investigando o caso. Estamos na expetativa de mais prisões, provavelmente durante a tarde teremos novidades. Esse que foi preso teve participação direta no crime”, em fato capitão. A família foi vítima de roubo no final da noite de domingo (1), em Cambira. Dois carros foram levados, o casal e seu filho foram sequestrados. O homem, que seria gerente do banco, foi liberado na manhã de hoje (2). A princípio, os bandidos levaram o homem até a agência e exigiram dinheiro em troca de sua
esposa e filho.

Por:  TNOnline

ANÚNCIE NESTE ESPAÇO